Arquivo do dia: abril 10, 2010

Dos cortes

Em tempos de crise, orçamentos apertados, e contratempos inesperados, às vezes é preciso fazer cortes no que inicialmente foi planejado para o casamento. Eu pelo menos precisei. Mas já tinha alguns itens classificados como “desejáveis, porém dispensáveis” no meu check-list.

Os “itens desejáveis” ainda estavam previstos. Mas, sabe como é… contratempo aqui, Euro em queda ali, eu ganhando em Euro e casando em Reais… lá fomos nós fazer os cortes dos dispensáveis.

Eu considero dispensáveis:

  • Havaianas. Um custo alto para ver as convidadas lindas e bem vestidas com elegantérrimos vestidos de festa e… Havaianas?
  • Lembrancinhas. Especialmente se houverem bem-casados. Considero melhor investir nos cartões de agradecimento. A não ser que você vá se casar apenas na igreja, sem festa. Nesse caso, eu distribuiria lembrancinhas.
  • Calígrafo. No meu caso, eu mesma fiz (vide foto que ilustra este post). Mas faria tags impressas se não tivesse ficado satisfeira com a minha letra.
  • Convite e presentes especiais para padrinhos. Eles que me desculpem, mas eu fui madrinha, nunca ganhei nada e nem por isso me senti incomodada ou ofendida. Pelo contrário! A honra de ser madrinha não tem preço! Adoro mimar, mas… nem sempre é viável, né?

É claro que tem coisas que são bacanas, “desejáveis”, mas fazer cortes nos faz perceber o quanto somos seduzidas por ofertas do famigerado mercado do casamento, sem questionar o real significado e necessidade de determinadas coisas.

Além dos cortes, existem alternativas para algumas outras coisas. O bouquet é uma delas. Eu também acho as peônias lindíssimas, fico super feliz quando a Primavera chega por aqui e elas aparecem nas floriculturas a 1 Euro por unidade. Mas não me conformo com os preços delas no Brasil! Então pergunto: você realmente precisa delas ou de outras flores caríssimas, importadas, raras ou produzidas em estufas? Existe realmente uma falta de flores lindas no nosso país, que poderiam igualmente render belíssimos bouquets?

E vocês? Tiveram que cortar alguma coisa? Ou deram seu jeito? O que vocês cortaram ou cortariam? O que consideram dispensável?

Bjs! Jane

ps. em breve eu falo dos itens que considero INdispensáveis.

25 Comentários

Arquivado em Uncategorized